domingo, 4 de setembro de 2011

É difícil de acreditar




É difícil de acreditar
Quando se já viveu
Todas as tristezas,
E provou dos dissabores

É difícil de acreditar
Quando se pensa
Que já viveu
Todas as traições
Que já sentiu
Todas as dores


É difícil de acreditar
Quando está no momento
De algo novo acontecer
Acontecem os empecilhos
Que te torna vulnerável

São tantos assédios
São tantas as provocações
São tantos os desrespeitos
São tantos, são tantos, são tantos de tantos
Em torno da pessoa
Que a gente ama

Que se torna difícil em acreditar
Quer seja na vida
Quer seja no amor
Quer seja no respeito
Quer seja no carinho
Quer seja no namoro
Quer seja na vida a dois


Então, fica muito difícil de acreditar

Você me entende?

Sol pereira

Um comentário:

Orvalho do Céu disse...

Olá,
Como não entender o AMOR???
Abraços fraternos de paz primaveris