domingo, 30 de dezembro de 2007

Quero-te


Quero-te

Ah! Como eu te quero feito
Somente do meu jeito
Com os teus lábios de mel

Extraindo o fogo que acende
Do meu corpo como fel
Coloque em meu corpo que arde

O teu néctar morno
Enchendo o meu contorno

E misturando-se ao meu
Levando-me ao pico do teu céu


Preciso e quero te conhecer
E definir este teu jeito que me seduz
E me faz enlouquecer de tanto prazer
E que na cama me conduz

sol pereira

Um comentário:

Anderson disse...

caramba, Sol!
nunca tinha vindo por aqui!
eu acho maravilhosa essa poesia!
voce tem uma sensibilidade enorme... eu queria ter essa sensibilidade poetica que somente voces mulheres tem.
ah! uma pergunta: voce gosta de contos eroticos? ja leu anais nïn?

caso voce nao tenha lido:
deixo essa dica! os contos dela sao maravilhosos!
eu li essa poesia e me lembrei logo
de anais! :)

beijos, querida!
te cuida!